Artigos


Voltar «
Perguntando a Deus - Ericson Ferreira de Oliveira

Perguntando a Deus - Ericson Ferreira de Oliveira

22/10/2014

Perguntando a Deus

Faz parte do senso coletivo recorrer a Deus quando as coisas não vão bem, buscando a intervenção divina para a solução de problemas, cura de enfermidades, livramentos, salvação, enfim, socorros das mais variadas espécies. Ocorre que como cristãos podemos e devemos consultar a Deus em todas as situações, antes de tomarmos qualquer decisão. Desta forma não haverá necessidade de buscar socorro futuro.

Um exemplo simples é primeiro perguntar a si próprio: esta decisão que estou prestes a tomar, se Jesus estivesse em meu lugar tomaria também?

Esta indagação já serve como filtro básico de eliminação de opções prováveis para nosso senso, porém inconcebíveis na ótica de Cristo.

O outro passo é esperar a resposta de Deus e prontificar-se a ouvi-lo. Às vezes pedimos, pedimos, mas não nos posicionamos para aguardar a resposta de Deus. Não paramos para ouvir o que Ele tem para dizer. Agora você me pergunta:

“mas Ericson, como ouço a Deus?”

Esta que é a parte mais incrível. Como ouvir a Deus. Certa vez perguntei para um amigo como que ele realizava seus negócios e como ouvia os conselhos de Deus.

Então ele me disse, mais ou menos nestes termos: “coloco a situação em oração para Deus, e aguardo o desenrolar da atividade. Se as coisas forem acontecendo naturalmente e eu sentir paz no coração, sei que é de Deus. Não preciso ficar pensando em estratégias para conduzir a atividade ou negociação, as situações vão surgindo e vão sendo resolvidas de forma espontânea, e a paz no coração que excede todo o entendimento lhe assegura que Deus está no controle”.

Por isso é que entendo que há necessidade de ocupar-nos em abandonar urgentemente as situações do dia a dia que não nos trazem paz ao coração. E estas coisas, cada um dentro de si sabe quais são!

Ericson Ferreira de Oliveira